Carolina !

Faça-me uma quest.   Instagram.    Facebook.   Twitter.   

21 anos, estudante de direito, gamer, devoradora nata de livros, amo comida, amo arte, amo cultura, amo inteligência, amo museus, amo conhecimento, desenhista e escritora não profissional, amo música, manjo do inglês, quenya e quero aprender a falar italiano. Adoro sorvete, amo ver filmes, detesto pipoca. Amo animais, ainda mais se forem os gatos. Literatura, poesia, utopia, adoro dormir, tenho um sono pesado pra chuchu, gosto do meu trabalho, vivo com fome - meu estômago e a madrugada tem um caso. Sou timida, não sei fazer piada, mas adoro rir. Enfim, um pedacinho demim. Prazer, meu nome é Carol.

nerdlif3 perguntou: mano, apaixonar nem vira, que nem sempre digo, acho que ter uma amizade colorida eh melhor que tudo, se ambos gostarem ai eles se decidem


Responder:

Sim, de fato. Tipo aquele filme “sexo sem compromisso” :D

— há Há 2 meses com 2 notas
Anos 90, domingo na praça. A mulherada em um canto fofocando do cabelo da vizinha, os homens sentados na mesinha da praça jogando baralho e bebendo cachaça. Crianças brincando de pega-pega na rua.
Agora ? todo mundo dentro de casa, ligado na novela. Preocupado com os seguidores do instagram, com o que postam no facebook.
Eu ? Ainda continuo curtindo a praça … mesmo que sozinha.

Anos 90, domingo na praça. A mulherada em um canto fofocando do cabelo da vizinha, os homens sentados na mesinha da praça jogando baralho e bebendo cachaça. Crianças brincando de pega-pega na rua.

Agora ? todo mundo dentro de casa, ligado na novela. Preocupado com os seguidores do instagram, com o que postam no facebook.

Eu ? Ainda continuo curtindo a praça … mesmo que sozinha.

— há Há 2 meses com 1 nota
não é algo cultural, não é algo inteligente … mas também sou gente da zoeira.

não é algo cultural, não é algo inteligente … mas também sou gente da zoeira.

— há Há 2 meses com 1 nota
#how  #brazil  #brazilian  #see  #the  #world  #funny 

Sei que não estou sozinha em meio a bilhões de pessoas … ligo o ventilador e me cubro no calor…. qual é a lógica ?

— Há 2 meses
Aborto.

Eu, particularmente, sou a favor do mesmo decorrente de estupro. 

A interrupção da gestação decorrente de estupro se insere no contexto do aborto dito “legal”. Em realidade, trata-se de uma interpretação ampliada ou errônea do Código Penal, que define claramente o aborto como crime, elencando apenas duas exceções não-puníveis. Não existe nenhuma forma de aborto legal no Brasil, apenas duas exceções de punibilidade !
 
Art. 128 - Não se pune o aborto praticado por médico:
                 Aborto necessário
                 I - se não há outro meio de salvar a vida da gestante;
 
                 Aborto no caso de gravidez resultante de estupro
                 II - se a gravidez resulta de estupro e o aborto é precedido de consentimento da gestante ou, quando incapaz, de seu representante legal.
 
Devo ressaltar que grande maioria dos estupros que ocorrem em nosso país são executados pelos próprios familiares das vítimas, sendo assim as mesmas possuem o temor de prestar um queixa. A lei que permite o aborto de gravidez decorrente de estupro fere o direito à vida. Por isso, é inconstitucional. O entendimento é do juiz Levine Raja Gabaglia Artiaga, da 4ª Vara Criminal de Rio Verde (GO). Segundo o juiz, o inciso II, do artigo 128, do Código Penal, que prevê o aborto nesses casos, afronta o artigo 5º da Constituição. Assim, ele negou o pedido de uma vítima de estupro para abortar.
De certa forma, eu descordo do pedido ter sido negado. Tudo bem, eu sei que fere o direito à vida. Mas veja: a mulher é estuprada (o que já é bem horrível) e fica grávida do criminoso, do delinquente. Não é algo que a vítima planejou, o embrião pode ser algo que ela não queira. Eu mesma, abortaria se isso acontecesse comigo. Olhar pro embrião já desenvolvido e saber que o mesmo surgiu de um ato de crueldade, de um ato brutalmente machista e medieval. Se aquela criança não está nos seus planos, se você não a quer … por que vai te-lá ? O Dr. Levine apenas negou o pedido de aborto por que com certeza não analisou todos os ângulos da situação supramencionada, apenas analisou a constituição, a lei em si. No direito não podemos só nos prender as doutrinas, as leis, devemos também analisar o interesse da comunidade e a vontade da mesma.
— Há 2 meses
#aborto  #decorrente  #estupro  #lei  #direito  #law  #embrião  #feto  #criança  #crime 
proud-unpleasant-sort-of-man:

“We all know him to be a proud, unpleasant sort of man; but this would be nothing if you really liked him.” 
Pride and Prejudice - Jane Austen 

proud-unpleasant-sort-of-man:

“We all know him to be a proud, unpleasant sort of man; but this would be nothing if you really liked him.” 

Pride and Prejudice - Jane Austen 

(Fonte: feanor-son-of-finwe)

— há Há 3 meses com 702 notas